Um filho rico de um rico pastor, escrevendo sobre sua vida dentro e fora da igreja; em uma sutil forma de poesia.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

"Fecharam

'Eis que estou a porta e bato',
Disse Jesus,
Por que as igrejas estão neste estado?
Simplesmente apagaram a luz;

Quem bate não está do lado de dentro,
Está de fora,
Expulsaram o filho de Deus do templo,
E agora?

Não me refiro somente a paredes e velas,
Falo de pessoas,
Igrejas hoje mais parecem celas,
Será que Tu perdoas?

Abram a porta!
Aviso mais uma vez,
Pois se não abrirem agora,
Quem vai ficar de fora são vocês."

Nenhum comentário:

Postar um comentário